Revista Eletrônica de Materiais e Processos, Vol. 12, No 3 (2017)

Síntese e Caracterização de Membranas Porosas de Quitosana com Hidroxiapatita Obtida a partir da Casca do Ovo de Galinha

Fernanda Menezes Sousa, Tatiara Gomes Almeida, Eduardo Luis Canedo, Rossemberg Cardoso Barbosa, Marcus Vinicius Lia Fook

Resumo


Este trabalho objetiva obter hidroxiapatita a partir da casca do ovo de galinha pelo método da via úmida e sintetizar membranas porosas de quitosana, sem e com hidroxiapatita, pelo método de liofilização. Sendo caracterizados por Difração de Raios X (DRX), Calorimetria Exploratória Diferencial (DSC), Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) e Espectroscopia por Energia Dispersiva de raios X (EDS). Através dos resultados verificou-se a presença da fase cristalina da hidroxiapatita e notou-se que o aumento do teor de hidroxiapatita resulta no aumento da cristalinidade, sugerindo também uma maior capacidade de retenção de água e estabilidade térmica das membranas. Na micrografia observou-se a presença de poros interconectados de tamanho e formas variados. No EDS verificou-se a presença de carbono, oxigênio, nitrogênio, cálcio e fósforo nas membranas. Portanto, foi possível obter hidroxiapatita a partir da casca do ovo de galinha, e membranas de quitosana/hidroxiapatita apresentam possível potencial para serem utilizadas como biomaterial.

Texto Completo: PDF